ECF e ERP: como podemos ajudar?

Escrituração contábil fiscal (ECF), que chega em substituição à declaração do imposto de renda da pessoa jurídica – DIPJ, exige cuidado redobrado com a qualidade das informações para que as empresas estejam preparadas para adotar a mudança da maneira adequada. Por conta disso, estamos aqui para trazer mais dados, esclarecer algumas dúvidas comuns e explicar como a InfraDB como ajudar sua empresa nesse momento.

 

A ECF – Escrituração Contábil Fiscal foi instituída pela Instrução Normativa RFB 1.422/2013. É uma nova obrigação acessória do SPED em que se deve apresentar informações de origem contábil e fiscal para apuração do Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. É uma obrigação fiscal imposta às pessoas jurídicas estabelecidas no Brasil.

Tem como objetivo construir uma solução integrável a qualquer sistema de contabilidade, inclusive de outros fornecedores. A não entrega ou apresentação fora do prazo da Escrituração Contábil Fiscal deixa a empresa passível de multa equivalente a 0,25%, por mês-calendário ou fração, do lucro líquido antes da incidência do imposto sobre a renda e da contribuição social sobre o lucro líquido, no período a que se refere à apuração, limitada a 10%.

Para que as empresas possam fazer uma transição para esse formato de forma menos traumática possível, é preciso contar com alguns pontos-chave mencionados abaixo que, gerenciados corretamente, permitem com que a empresa faça com sucesso a adoção da ECF:

 

  • ERP funcionando plenamente: seja plataforma Totvs/Protheus ou o sistema que a empresa adote, é preciso que o software esteja preparado para isso;
  • Alinhamento entre a área contábil e de TI: ambas as áreas devem estar em sinergia para prazos de adoção do novo formato, requisitos necessários bem como eventuais dificuldades ou dúvidas durante a implantação;
  • Qualidade e consistência de dados: os bancos de dados da empresa devem estar sendo bem gerenciados, funcionando plenamente para que não se tornem elementos que atrapalhem a adoção da ECF ou impactem processos como Sped, geração de relatórios etc;
  • Infraestrutura de TI preparada: para adoção dessa série de mudanças, é imprescindível ter uma gestão adequada de infraestrutura da tecnologia da empresa. Para isso, é importante ter um parceiro que possa cuidar de todos esses processos enquanto os profissionais de TI da empresa podem focar nas atividades estratégicas. Nesse ponto a InfraDB é a parceira ideal para garantir que sua empresa esteja estruturalmente preparada para a adoção desses novos processos, sistemas e tecnologias.

 

Além das informações que sempre trazemos aqui no blog, há outros espaços onde se pode aprender mais sobre a ECF como a secretaria da Fazenda de São Paulo ou a Receita Federal. Para manutenção e mudanças de ERP também é possível consultar calendário de atualizações e informações adicionais no próprio blog da Totvs.
Se você ainda tem dúvidas ou quer entender melhor impactos de tecnologia na adoção desse sistema, consulte a equipe da InfraDB que conta com ampla expertise atendendo diversos perfis de empresa.